Sobre

O Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária (PPGMV) iniciou suas atividades com a criação do curso de Mestrado em 1978, sendo um dos primeiros Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O curso de Doutorado em Medicina Veterinária, criado em 1999, foi pioneiro na Região Nordeste e vem desde então formando recursos humanos de excelência nos mais diversos campos da ciência veterinária. Sediado no Campus de Dois Irmãos da UFRPE, o PPGMV tem caráter multidisciplinar; alberga em seu corpo docente professores lotados em diversos departamentos da Universidade, tais como Departamento de Medicina Veterinária, Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal, Departamento de Zootecnia, Clínica de Bovinos de Garanhuns e Fundação Oswaldo Cruz-Recife. Atualmente, a estrutura docente do PPGMV conta com 26 professores, sendo 19 permanentes e 7 colaboradores. No corpo de docentes permanentes, 29% são bolsistas de Produtividade do CNPq. Esses profissionais estão habilitados a buscar, de forma continuada, o aprofundamento de conhecimentos adquiridos na graduação e a capacitação de profissionais de nível superior para o exercício de atividades de ensino, pesquisa, extensão e desenvolvimento tecnológico nas diversas áreas da medicina veterinária. Não obstante, um dos principais aspectos positivos do PPGMV é sua aptidão para a resolução, em alto nível, de problemas regionais e nacionais. 

O PPGMV tem se destacado no cenário regional como programa de referência para a formação de corpo técnico de Instituições de Ensino Públicas e Privadas. Dessa forma tem recebido estudantes de medicina veterinária, bem como estudantes de cursos afins das ciências agrárias e biológicas que pretendam desenvolver estudos visando o desenvolvimento científico, biotecnológico e profissional em ciência veterinária. Dessa forma o PPGMV tem formado estudantes de várias regiões do País, tais como discentes oriundos de graduações e mestrados da UFRPE, UFPE, UFAL, UFBA, UFCG, UFPI, CESMAC, Pio X, Instituto Federal de Belo Jardim e Instituto Federal de Barreiros. Da mesma forma o PPGMV tem contribuído para a formação de docentes de várias dessas Instituições de Ensino.

O PPGMV dispõe de diversificada infraestrutura laboratorial nos vários departamentos da UFRPE na sede em Dois Irmãos, conta com o apoio do Hospital Veterinário em Recife, da Estação Experimental de Pequenos Animais do Carpina, da Clínica de Bovinos de Garanhuns e do Laboratório de Virologia da FIOCRUZ-Recife. Vale salientar que grande parte dos equipamentos do programa foram adquiridos por meio de editais da CAPES (Pró-equipamentos), FINEP, CNPq e FACEPE. A infraestrutura laboratorial do programa conta também com apoio da UFRPE, que destina recursos próprios para esse fim. O programa conta com a concessão de bolsas Demanda Social da CAPES, REUNI, CNPq e da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE). Os professores do PPGMV também aprovaram pedidos em editais da CAPES, sendo 3 PNPD-CAPES e um PROCAD-CAPES envolvendo a o a UNESP e a UFRA. Em relação ao PROCAD-NF (Programa Nacional de Cooperação Acadêmica Novas Fronteiras), projeto intitulado Homem-Animal-Meio Ambiente na Amazônia Oriental: Implicações na Saúde e Produção Animal, que foi realizado pelo Prof. Jean Carlos Ramos Silva juntamente com as professoras Maria das Dores Correia Palha da Universidade Federal Rural do Amazonas (UFRA) e Sheila Canevese (UNESP) destacam-se como pontos positivos do Programa o desenvolvimento de projetos de cooperação, especialmente com o Dr. Frederico Ozanan Barros Monteiro da Universidade Federal Rural do Amazonas, que resultou em publicações, várias delas em animais selvagens. O programa também recebeu duas bolsas de pós-doutoramento através do PRODOC/CAPES, com o intuito de desenvolver estudos aplicados à biotecnologia da reprodução.

Tradicionalmente o Programa mantém intercâmbio com outras Instituições da Região e de outras regiões, como EMBRAPA, IPA, UFPE, UFPB, EMEPA, UFPI, UFBA, UECE, UFMA, UEMA, UNIFESP, FIOCRUZ e outras. Também mantém intercâmbio com Instituições internacionais, com a Texas A&M University, Louisiana State University, Rutgers, o Poisonous Plant Laboratory Reaseach do Ministério da Agricultura dos EUA e o Instituto de Investigações Agropecuárias do Uruguai. Esses convênios vêm possibilitando, de forma significativa, a formação de acadêmico-cientifica no exterior de docentes e discentes do PPGCV. De forma continuada têm-se buscado novas iniciativas com o objetivo de ampliação dos intercâmbios nacionais e internacionais, visando melhorias na qualidade das atividades acadêmicas.